Numa certa experiencia realizada em laboratório, o objetivo foi detectar por meio da tomografia computadorizada as reações diferentes em voluntários submetidos às substancias odoríferas relacionadas aos hormônios do sexo oposto.

Uma mulher, ao cheirar uma substancia relacionada ao hormônio masculino androgenio, teve uma elevação da pressão sanguínea, o que não aconteceu com um homem.

Um homem, ao cheirar uma substancia relacionada ao hormônio feminino estrogenio, teve uma elevação da pressão sanguínea, o que não aconteceu com uma mulher.

Varios homens e mulheres passaram pela mesma situação. Os resultados sempre foram os mesmos. Conclui-se, então, que o cérebro humano é capaz de detectar não só os hormônios como também feromonios de acordo com o sexo.

androgenio-estrogenio

 

Nota: Workshop de aromaterapia e cristais. Zap: 99390-7183 ou entre em contato através da nossa área de Serviços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *